A mamãe

Sou mamãe adotante, mamãe solteira, mamãe que trabalha fora e mamãe 24 horas por dia, todos os dias.

Conheci meus filhos quando eles tinham 1 ano e 3 meses e não consigo imaginar minha vida sem eles. Mas sinto falta da liberdade de ir e vir, de sair para jantar fora, de fazer viagens longas.

Sou neurótica por alimentação saudável e não deixo meus filhos comerem balas, pirulitos e chicletes de jeito nenhum. Nem refrigerante. Nem salgadinhos de pacote. Não na minha frente, pelo menos.

Odeio televisão. Em casa, temos apenas um aparelho e a Apple TV. Não temos TV a cabo nem TV aberta por aqui.

Não sou nada caseira, gosto de sair. Meu maior desafio hoje é conseguir sair com os dois para passear sem enlouquecer, porque não é mole sair com duas crianças pequenas sozinha.

Amo viajar. Estou louca para estreiar o passaporte dos dois.

Resisti muito em ter uma babá, achava a coisa mais desnecessária do mundo. Hoje tenho uma pessoa ótima que os recebe em casa da escola todos os dias e uma folguista que me dá uma força em ocasiões especiais. Adoro as duas e só me arrependo por não ter dado o braço a torcer antes.

Faço questão de ser presente. Levo em todas as consultas médicas, vou em todas as reuniões da escola, acompanho de perto e com atenção tudo o que acontece com eles. Gosto de fazer as coisas do dia-a-dia: colocar pra dormir, acordar, dar banho, cortar unhas, arrumar as mochilas para a escola.

Ainda estou aprendendo a lidar com birras e a dar broncas eficientes, mas acho educar uma das coisas mais fascinantes do mundo.

Ainda não aprendi a arrumar o cabelo cacheado da minha filha.

Tô tentando ser a segunda melhor mãe do mundo. A primeira é minha mãe, não dá pra competir.

Anúncios

4 pensamentos sobre “A mamãe

  1. Gabriela disse:

    Olá Mamãe adotante! Como vai?
    Tenho acompanhado seu blog há alguns meses (confesso que ainda não consegui ler tudo) e tenho achado muito interessante.
    Iniciei a leitura com o intuito de ler experiências de familias adotantes.
    Tenho endometriose profunda, e, segundo a medicina, dificilmente poderei engravidar naturalmente. Meu marido, sonha em adotar. Eu ainda não sei… algumas dúvidas ainda martelam na minha mente. Meu coração é enorme e tem muito amor pra dar. Então, fica aquela luta constante entre razão e emoção.
    Bom, só estou escrevendo para dizer que aquilo que você escreve tem aberto minha mente, assim como meu coração.
    Abraços!
    Gabriela

    • Regina disse:

      Oi Gabriela! Também acompanho este blog, porque alivia meus anseios e me proporciona bastante esperança. Como você, sinto o coração cheio de amor para dar. Sinceramente, acho que esta é a primeira grande condição. Participar das reuniões do GAA (Grupo de Apoio a Adoção) me ajudou muito a refletir sobre a adoção como pretendente. Já participei das três reuniões obrigatórias, minha habilitação está quase saindo, mas pretendo continuar indo aos encontros, porque acredito que os depoimentos e as histórias que os grupos compartilham ajudam, usando a sua expressão, a “abrir a mente”. Sorte para você. Abraço, Regina Fernandes.

  2. Márcia Cordeiro disse:

    Oi Ruri!
    Descobri teu blog esse ano e adoro teus posts… Pensamos igual em muitos aspectos…
    Eu e meu marido já demos entrada no processo de adoção e aguardamos o curso de adotantes que será mês que vem!
    Obrigada por compartilhar seus momentosem família conosco, principalmente as delícias e tb as dificuldades de toda mãe de primeira viagem! No seu caso, duas viagens! Rs
    Bjão

  3. Jacqueline disse:

    Oi, adorei sua história, eu e meu marido estamos fazendo a documentação para iniciar o processo de adoção. Não podemos ter filhos e meu maior sonho é ser mãe, é tudo que falta na minha BB ida para ser totalmente feliz, sei que tenho muito amor para dar . Espero muito que dê tudo certo e que logo também consigamos nosso filhinho. Teu blog me deu muita esperança. Obrigada. Vou continuar te seguindo. Abraço. Jacqueline.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: