Larga de frescura, mãe!

Minha filha voltou hoje da escola numa mega manha e queria andar no meu colo pela casa. Só que é assim: 1) tenho dois filhos e dar colo pra um significa colo pro outro também, 2) ela pesa uns 15 kg e 3) eu corri 11k de manhã e não tô aguentando minhas pernas (assumo com toda humildade o meu despreparo para tantos quilômetros).

– Ah, filha, hoje não vai dar para pegar no colo. A mamãe tá com muita dor nas pernas.

Aí ela parou do meu lado e começou a fazer carinho na coxa esquerda. Umas 15 vezes. Quando tentei andar, ela falou “espera” e fez outros 15 carinhos da coxa direita. E pronto, né?

– Já fiz carinho. Já passou o dodói. Agora me pega no colo.

Valeu pra repensar essa mania de dizer um “vem cá que eu dou um beijinho e já passa” para todos os machucados deles.

Anúncios
Etiquetado ,
%d blogueiros gostam disto: