Arquivo da tag: princesa

Princeso

Fomos correr uma prova e deixamos as crianças com a madrinha. Como era um revezamento, até pensamos em levá-los, mas foi mais divertido ir numa festa em um buffet com a tia e a amiguinha. 

Quando terminei a corrida, mandei mensagem pra saber se estava tudo bem. E recebi de volta uma foto dos dois jantando, vestidos de princesa. 

Aí fiquei feliz demais porque estou acertando. Isaac não tem vergonha ou restrição alguma em vestir uma fantasia de princesa em uma festinha, porque entende que isso é totalmente natural. E estava sendo cuidado por uma pessoa que é muito amor, que não mandou tirar, nem deu bronca. Simplesmente deixou ele brincar como quisesse. 

Pra fechar: fizemos uma meia maratona em menos de duas horas. 

Só amor nessa família no sábado à noite. 

Anúncios
Etiquetado ,

Branca de neve

“A madrasta da Branca de Neve se achava muito bonita e ficou brava quando o espelho disse que a Branca de Neve era muito mais bonita que ela. Aí a madrasta mandou um homem matar a Branca de Neve. A Branca de Neve fugiu e foi morar com os sete anões. Quando descobriu que a Branca de Neve estava viva, a madrasta tentou matá-la de novo com uma maça envenenada. Durante o velório, um príncipe apareceu e resolveu dar um beijinho na Branca de Neve morta. A Branca de Neve ressuscitou e eles se casaram. Fim.”

Censura: 16 anos.

Ou alguém consegue ler essa história para criancinhas?

Etiquetado , ,

Conversa sobre as princesas

Aí eu percebi que não adiantava nada publicar um post sobre princesas se eu não contasse minha opinião sobre o assunto diretamente para minha filha. E quanto antes melhor, né? Então resolvi ter uma conversa de mamãe para filha com uma bebezinha de dois anos:

– Filha, mamãe precisa te explicar por que quero te ver longe de princesas. Príncipe encantado não existe. Mesmo que existisse, nós não iríamos passar nossa vida só esperando ele aparecer para nos salvar, tá? Você não precisa ser salva. Também não precisa se casar com um príncipe se não quiser. Tanto faz. Quero que você seja feliz com ou sem príncipe. Que estude, trabalhe, tenha sua própria vida, vá morar sozinha, vá viajar sozinha. Quero que você seja muito independente, bem resolvida, que não seja nunca piriguete peloamordedeus e blá blá blá…

Depois de me olhar com cara de tédio por uns 5 minutos, ela me interrompeu:

– Mamãe?

– Oi, diga.

– Faz uma “chuquinha” no meu cabelo?

Não, ela ainda não entendeu nada. Morri de rir. Fofa.

Etiquetado , , , , ,

Nossa filha não é uma princesa

É comum as pessoas perguntarem qual o nome da boneca preferida da nossa filha e ela não entender nada. Deixa eu explicar. Nós temos bonecas em casa. Temos bonecas, jogos de chá e panelinhas, mas também temos carrinhos, caminhõezinhos e uma porção de brinquedos de encaixar, montar, empilhar. Enfim, nossos filhos têm brinquedos que toda criança na idade deles tem. Só que aqui em casa brinquedo não tem dono, por dois motivos que são importantes para nós. O primeiro deles é que eles precisam aprender a compartilhar, e nós definimos que brinquedos são coisas totalmente compartilhadas. Eles têm suas próprias coisinhas para preservar a identidade de cada um, como roupas, objetos de higiene pessoal, copinhos e por aí vai, mas dividem os brinquedos, esperam o irmão terminar de brincar, emprestam, brincam juntos. O segundo motivo – e muito mais importante – é que nós não queremos classificar brinquedos como brinquedo-de-menina e brinquedo-de-menino. Não existe isso em casa.

Por aqui, mamãe e papai trabalham, o papai cozinha bem melhor que a mamãe, e os dois são capazes de fazer qualquer coisa relacionada a cuidados com bebê e com a casa. Nós dois dividimos absolutamente todos os cuidados com os bebês e os bebês brincam exatamente das mesmas coisas e têm as mesmas responsabilidades. Quando a brincadeira é casinha, comidinha, panelinha, bebezinho e por aí vai, nosso filho brinca junto e faz as mesmas coisas: dá comidinha pra boneca, vê se tem cocô na fralda, coloca pra dormir e canta música de ninar. Quando vamos brincar de carrinhos ou de bola, eles brincam juntos de novo. Simples assim. Conceitualmente, acho irritante esse negócio de menina-tem-que-brincar-de-boneca-e-de panelinha. Sabe por quê? Porque no futuro as meninas terão que participar de eventos como esse aqui, onde fica claro que a maioria das pessoas acha normal que só as mulheres cuidem das crianças. Ah, não, gente.

Outra pergunta que me deixa de cabelo em pé: “ela já tem uma princesa preferida?”, se referindo provavelmente às 55 princesas criadas pela Disney. Não, gente, claro que não. Claro que eu não coloco desenhos e fantasias de princesa na minha filha de 2 anos de idade. Claro que eu sei que já já as coleguinhas da escola vão apresentar esse mundo cor-de-rosa assustador para ela e vou ter que pensar em como lidar com isso. Mas eu prometo que eu não vou tomar a iniciativa de fazer isso com ela. Aí deixa eu explicar porque eu odeio as princesas antes que todo mundo fique me achando uma chata. Porque princesas são aquelas criaturas indefesas que precisam ser salvas por um príncipe encantado para só então serem felizes para sempre. Porque no mundo das princesas, alguém que não se casa é infeliz. Porque no mundo das princesas, a mulher nunca vai morar sozinha em seu próprio apartamento e trabalhar para pagar suas próprias contas. Porque no mundo das princesas, o príncipe é mais rico e mais importante que a princesa (não é, Cinderela, sua coitada?). Porque no mundo das princesas, o príncipe é encantado, um ser salvador que tem em suas mãos a felicidade da mulher. Ah, meu, não dá.

E se você achou que estou exagerando, dá uma olhada nisso aqui e me diz se não dá vontade de pular da janela? Se ainda acha que estou exagerando, dá uma lida nesse estudo aqui, de onde saiu a pérola: “tia, para ser princesa precisa casar, né? Senão não vai ser princesa, vai ser solteira!”.

Estou tentando manter minha filha longe do mundo das princesas só porque realmente acredito que nós, mulheres, não precisamos disso. Nós não precisamos de príncipes encantados para nos salvar. A gente sabe se virar, né, filha?

Etiquetado , , , ,