Dor de barriga

Entro no quarto de manhã e encontro minha filha sentada na cama.

– Mamãe, eu tava com dor de barriga e você não veio antes.

Aquela dor no coração: – Filha, a mamãe estava tomando banho e acho que não ouvi. Me perdoa. Da próxima vez, grita “mamãe” bem alto que venho, tá?

– Eu não chamei “mamãe”. Eu cantei.

– Você cantou pra me avisar que estava com dor de barriga? Cantou o quê?

– Cantei assim: “cai, cai, balão, cai, cai, balão, aqui na minha mão”.

Vontade de rir: – Você cantou “cai, cai, balão” pra me avisar que estava com dor de barriga?

– É! – cara de “que coisa mais óbvia, mãe”.

Adoro ter filhos.

Anúncios
Etiquetado ,

2 pensamentos sobre “Dor de barriga

  1. Dri Simizo disse:

    Oi, Ruri!Conheci seu blog pela Mari (Hotta). Dou mta risada com as historinhas =).Tb fiz Poli no mesmo ano q vcs, não sei se vc lembra.

    Eu e o Léo estamos pensando em adotar tb. Vc pode me passar seu email?

    Um bj!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: