Sexismo me deu nó

Seguindo o assunto do post anterior… Um belo dia estamos num restaurante quando meu filho manda, bem alto:

– Mamãe! Olha! O garçom tem um brinco! Não pode! É de menina!

Respirei. Contei até 5. Comecei:

– Brincos não são só para meninas, Isaac. Meninos também podem usar brincos se quiserem.

– Ah, é? Então eu posso usar brinco?

– Pode.

– Então quero um brinco.

– Está bem, meu amor. Vamos esperar você ficar grande, você pensa de novo e colocamos o brinco. (foi aqui que errei? não era essa a resposta?)

– Mas a Ruth tem brinco. (droga, droga, droga, onde me enfiei nessa conversa?)

E a mocinha, que estava quieta, resolve me ajudar:

– É porque eu já sou grande.

Parênteses: ser “grande” significa poder fazer várias coisas que eles não podem fazer ainda, como tomar vinho, tomar café, colocar pimenta na comida etc.

– Não, querida, você ainda não é grande. (eu tava tentando ser paciente e rezando para que o Mágico de Oz aparecesse por lá para me ajudar a mudar de assunto)

– Mas então por que eu tenho brinco? (alguém me salva?)

Perdi. Mudei de assunto. Mandei um “olha um passarinho laranja voando no céu” e dei de louca. Como conserta?

Anúncios
Etiquetado

Um pensamento sobre “Sexismo me deu nó

  1. rmdelatorre disse:

    Eu não sei de nada, mas eu acabei de ver o vídeo seguinte (https://www.youtube.com/watch?v=yAHCqnux2fk). Dá o brinco para ele.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: