Agora minha mãe tem whatsapp e 3G, uma evolução na vida de minha pessoa. Falamos muito, ilimitadamente, mandamos fotos, emoticons, uma modernidade. Me lembro com saudade do dia em que ela ganhou um computador com internet no trabalho e começou a nos mandar e-mails – até aprendeu a usar reply all para falar comigo e com minha irmã ao mesmo tempo. Parece que foi ontem. Hoje ela tem whatsapp!

Aí ela me manda mensagem fofa de mãe às dez da noite para saber se eu tô bem e como foi meu dia:

– Tô bem! Voltei para a academia!

– Mas academia é de manhã, né?

– Mas hoje eu fui à noite.

– E quem ficou com a Ruth e Isaac?

– Ninguém. Eles nunca acordam mesmo.

Aí eu vejo aquele typing infinito e mensagem que não chega nunca. Certeza que o coração parou.

– Mas que medo de acontecer alguma coisa! Você não tem medo?

– ESTOU BRINCANDO, MÃE.

– Ah bom, que susto. Você não seria tão louca, né?

– MÃE!

Nada como confiar em nossos filhos, né, mãe?

Anúncios
Etiquetado
%d blogueiros gostam disto: