Minha opinião sobre corrente de livros

Além de ser pirâmide. Além de ser furada. Além de divulgar o endereço das nossas crianças para desconhecidos.

Gente, por que vocês querem 36 livros? Por quê? São necessárias 36 noites para isso se vocês lerem todos os dias. E criança gosta de ler e reler os livros preferidos. Não há necessidade de ganhar 36 livros.

Gente, e a qualidade desses livros todos? Cansei de ganhar livros de presente que precisei doar. Não é maldade (nem minha nem das pessoas que presenteiam), às vezes os livros simplesmente não batem com os valores de nossas famílias. Eu, por exemplo, sou ateia e não leio histórias religiosas, sou vegana e não leio livro sobre zoológicos, sou chata e não gosto de histórias com violência de nenhum jeito (tipo um personagem matar o outro). Cada família tem seus valores e nem todos os livros são bons para todas as famílias. Eu te juro que vocês vão receber uma boa parte desses 36 livros em coisas que não vão querer ler para seus filhos.

Incentivar a leitura é essencial. Mas vamos buscar meios mais inteligentes: ler todos os dias em casa, ler os livros antes de oferecer para as crianças para saber sobre o que você vai ler, emprestar para os amigos, fazer feiras de trocas, levar os pequenos em bibliotecas e livrarias, sei lá.

Tô fora dessas correntes.

Anúncios
Etiquetado , ,

Um pensamento sobre “Minha opinião sobre corrente de livros

  1. Magno Meirelles Ribeiro disse:

    Muito bom o seu comentário, é um argumento a mais. Mas para mim, o simples fato de ser um esquema desonesto, no qual os idealizadores levam vantagens em detrimento de centenas de desconhecidos, já deveria ser suficiente para se evitar esse tipo de coisa. Infelizmente, tenho visto muita pessoa “de bem” relativizar esse argumento.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: