Sem carro

Bateram no meu carro. Não aconteceu nada comigo, mas aconteceu bastante coisa com o carro. Não foi legal. Quando saí do carro e vi o estrago, fui correndo pegar o celular para pedir ajuda. Não para quem vocês estão pensando. Antes de ligar para o seguro, para o guincho ou para minha mãe, eu liguei para o tio da perua:

– Oi, tio, socorro. Tem como encaixar os dois na perua para ir para escola todo dia de manhã? Tem? Oba. Começam amanhã, ok? Obrigada, tchau!

Ser mãe muda completamente nossas prioridades.

Anúncios
Etiquetado , ,

4 pensamentos sobre “Sem carro

  1. Marcela disse:

    Ser mãe é padecer no paraíso!!!

  2. […] sem carro e fui para a festinha de dia das mães na escola de metrô. Na volta, resolvi vir a pé com eles de […]

  3. […] – E agora, como você tá conseguindo fazer tudo isso sem carro? […]

  4. […] Você sabe que a mamãe não tem mais carro. Você tem que voltar de perua e obedecer a tia da perua, senão não sei o que […]

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: