Mãe, tô voltando

Só nas últimas semanas:

  • Meu aspirador parou de funcionar
  • Os canos das máquinas de lavar roupa e louça estouraram, molharam toda a área de serviço e tive que chamar um técnico (e limpar tudo depois)
  • Meu fogão também pifou, então primeiro eu tive que chamar o vizinho (emergência) depois um técnico (agendado)
  • Meu aquecedor começou a cheirar gás e tive que chamar outro técnico
  • Deu bichinho estranho na minha composteira
  • Apareceram pulgões na minha árvore da felicidade
  • Isaac e Ruth se penduraram na cortina do quarto e derrubaram tudo, inclusive um pedaço da parede, e agora preciso chamar um pedreiro
  • Meu namorado consertou o vazamento do meu box que estava lá há um ano
  • Um banco de madeira desmontou e meu namorado teve que colar tudo de volta
  • Minha impressora passou dias sem reconhecer a rede sem fio e eu fiquei dias tentando descobrir como fazer para ela voltar a funcionar
  • Tive que chamar um moço para limpeza de sofá e poltrona porque Ernesto emporcalhou tudo

Fora a lista de coisas que estão quebradas mas ainda não entraram no planejamento, tipo o ventilador de teto que não liga (oi, inverno) e o varal que não sobe nem desce (tá fixo).

Tudo isso para dizer que desisti de ser adulta. Essa coisa de querer ser independente, ter o próprio lar e cuidar do próprio nariz é supervalorizada.

Mãe, quando você voltar de férias vai me encontrar morando na sua casa, esperando você fazer meu jantar e lavar a minha roupa.

Te amo, mãe.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: