Mamãe, precisamos falar com você

Outro dia cheguei na escolinha no final do dia e uma das tias falou que precisava conversar comigo. “Mamãe, seu filho mordeu uma amiguinha e machucou. Ela chorou muito. Nós explicamos que não pode morder, mas ele não parou de rir”.

Q.u.e.v.e.r.g.o.n.h.a.

Eu sempre achei que seria horrível chegar na escola e descobrir que um dos meus filhos apanhou ou foi mordido. Achei que ver um filho machucado seria a pior coisa do mundo e que mamães de crianças que mordem ou batem não sabem educar seus filhos. Até o dia em que eu virei a mamãe que não sabe onde errou e que continua sem saber o que fazer para que meu filho não continue a morder os amiguinhos.

Aí hoje eu li esse post aqui e dei muitas risadas sozinhas. É muito difícil ser a mamãe do mordedor, gente. O lado de lá deve ser muito mais fácil!

Anúncios
Etiquetado

3 pensamentos sobre “Mamãe, precisamos falar com você

  1. […] Mamãe, seu filho mordeu outra amiguinha. De novo, filho? Pô!  Você quer matar a mamãe de vergonha? Como assim eu não sei ensinar que morder […]

  2. […] sabemos lidar. Todo dia, o tempo todo. Eu não sei lidar com birras, com desfralde, com filho que morde os amiguinhos, com criança doente, com a sensação de fracasso que tive quando assumi para mim […]

  3. […] outro dia, eu tinha que ficar conversando sobre mordidas nos amiguinhos da escola. Eles mordiam e eram mordidos e aí rolavam aquelas conversas com a […]

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: